quarta-feira, 3 de agosto de 2011


Não há nada que nos dê mais segurança emocional do que não “precisar” dos outros, e sim contar com os outros para aquilo em que eles são insubstituíveis: companhia, sexo, risadas, amizade, conforto.
Se ainda não atingiu esse estágio, suba num cavalo imaginário e dê seu grito do Ipiranga. Ficar amarrado à vida alheia faz você viver menos a sua. Nada de se fazer de desentendida só para não se incomodar.
Incomode-se. Dependência é morte.

3 comentários:

  1. Oie Lis!Dando uma passadinha por aqui, tudo lindo como sempre, adorei o texto!!
    bjs flor e ótima quarta!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Lis, tudo continua lindo por aqui.
    Estive ausente por uns dias e hoje senti uma necessidade imensa de ler...mas queria uma leitura boa, e sem dúvidas vim onde tudo começou. O cantinho mais lindo que eu conheci. Cheio de mimos e muito carinho. Amo visitar seu cantinho.
    Adoro toda a paz que transmite em suas postagens.
    Um grande beijo pra ti!!

    ResponderExcluir